Balão Intragástrico

O Balão Intragástrico é uma alternativa técnica temporária e reversível para tratamento da obesidade, que consiste na colocação de um balão inflável de silicone dentro do estômago por endoscopia. O procedimento é ambulatorial, sem internação, com o paciente sedado.
A colocação do Balão Intragástrico é obrigatoriamente precedida de endoscopia gástrica para avaliar a ausência de patologias que contra indiquem a colocação do Balão Intragástrico como: hérnia hiatal grande, úlcera gástrica, doença grave do refluxo, gastrite erosiva importante, entre outras. Estas doenças devem ser tratadas antes da colocação do balão.
O balão é posicionado no fundo do estômago sob visão endoscópica e então inflado com cerca de 500 a 700ml de soro fisiológico corado com azul de metileno, O procedimento tem duração média de 20 a 30 minutos, e recuperação total com alta em no máximo 2 horas.
O objetivo da colocação do Balão Intragástrico é a redução da capacidade do volume do estômago, e como conseqüência a menor ingestão de alimentos. O tempo de permanência máxima do Balão Intragástrico é de 6 meses (tempo máximo para alcance dos resultados esperados pelo médico/paciente).
NOS SIGA
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
Balão Intragástrico em Santos
Plasma de Argônio
Nenhum tag.
Balão Intragástrico em Santos
A retirada do Balão Intragástrico é também realizada através de endoscopia após o esvaziamento do mesmo, seguindo os mesmos passos da colocação.
O balão inflado dentro do estômago estimula receptores do fundo gástrico que sinalizam para o sistema nervoso central (cérebro) provocando uma sensação de saciedade precoce. O espaço ocupado pelo balão gástrico também age na diminuição da capacidade do reservatório gástrico. Estes dois mecanismos de ação levam a redução do volume de alimentos ingeridos e a conseqüente diminuição do aporte calórico ocasionando a perda de peso e redução da obesidade.
Balão Intragástrico em Santos
Perguntas Frequentes:
 
O que é o Balão Intragástrico?

O Balão Intragástrico é um recurso clínico auxiliar e temporário para o tratamento de pacientes com IMC acima da faixa normal e que não tenham obtido redução de peso através de outras técnicas não cirúrgicas.  Quando bem indicado, proporciona uma valiosa oportunidade de reeducação dos hábitos alimentares, melhorando a relação do indivíduo com a comida, funcionando como um agente regulador da alimentação. É um método de tratamento usado há vários anos que se aprimorou com a melhora da qualidade e segurança dos balões mais modernos.

Como é realizada a colocação do Balão Intragástrico?

O processo de colocação é feito com o paciente sob sedação (sem necessidade de anestesia) com introdução e preenchimento guiados por procedimento endoscópico. Embora não seja um procedimento cirúrgico e nem precise de internação, somente pode ser realizado em ambiente hospitalar com supervisão de um anestesista.

Como o Balão Intragástrico pode ajudar a emagrecer?

A presença do Balão Intragástrico promove sensação de saciedade, uma vez que ocupa parte do estômago. 

O Balão Intragástrico não tira sua fome: ele provoca sensação de saciedade!

Para quem está indicado o Balão Intragástrico?

Somente o médico através de avaliação clínica poderá indicar o uso do produto.   Em geral, pacientes com IMC entre 27 e 35 que não tenham obtido redução de peso através de outras técnicas não cirúrgicas, ou pacientes que necessitem de perda de peso a fim de alcançar condições clínicas mínimas para submeter – se à cirurgia bariátrica, são candidatos ao uso do produto.

Quais são as contra-indicações para colocação do Balão Intragástrico?

Além de algumas condições clínicas avaliadas pelo médico como: úlcera péptica, hérnia hiatal significativa, passado de cirurgia gástrica, esofagite grave, problemas de coagulação, uso crônico de antiinflamatórios e alcoolismo, o tratamento com uso de Balão Intragástrico é contra - indicado para pacientes que não estejam dispostos a seguir programa de reeducação alimentar e atividades físicas.

Quais as vantagens do Balão Intragástrico como método de tratamento da obesidade?

As principais vantagens são:
•  Não há necessidade de internação hospitalar;
•  Procedimento não cirúrgico (totalmente endoscópico) e totalmente reversível;
• Rápida recuperação para as atividades diárias, pois não promove restrições físicas ao paciente;
•  Baixo risco de complicações;
•  Repetibilidade: embora não seja comum, o Balão Intragástrico pode ser colocado sucessivas vezes, se aprovado pelo médico que determina o período entre a retirada de um BIM e colocação de um novo;
• Auxilia no processo de emagrecimento sem necessidade do uso de medicamentos moderadores de apetite com ação no sistema nervoso central.
 
Quais os cuidados após a colocação do Balão Intragástrico?

A primeira semana, principalmente as primeiras 72 horas, requer mais cuidados devido à adaptação do organismo com a presença do balão intragástrico.  Embora o volume do balão intragástrico não seja muito diferente do volume de uma refeição usual (considerando a comida e bebida) temos que lembrar que após a refeição os movimentos do estômago irão promover o seu  esvaziamento, mas o balão permanece, por isso, na fase de adaptação são prescritos medicamentos para reduzir cólicas, náuseas e vômitos que representam uma resposta fisiológica do organismo, mesmo assim cerca de 80% dos pacientes apresentam algum episódio de vômito nesta fase de adaptação.

Deve-se ter um cuidado especial com a dieta, que deve ser prescrita e acompanhada por nutricionista especializado durante todo o período da utilização do balão intragástrico.

Durante do período de permanência do balão intragástrico há necessidade de controle do pH estomacal, logo há necessidade de uso de medicação para este fim.

O acompanhamento clínico, nutricional e psicológico são fundamentais para que paciente aproveite ao máximo o benefício proporcionado por este método de tratamento e alcance os resultados desejados.


O PACIENTE DEVERÁ SER ACOMPANHADO POR UMA EQUIPE MULTIDISCIPLINAR DURANTE O PERÍODO DE TRATAMENTO.
 
Quais as possíveis complicações com o Balão Intragástrico?

O balão é considerado um método de baixo risco comparado a outras formas de tratamento da obesidade como medicamentos e cirurgia bariátrica. Embora raros podem acontecer:

Esvaziamento do balão - Facilmente detectado pelo paciente uma vez que a solução utilizada para preenchimento recebe corante azul que promove urina de tom esverdeado e, em caso de vazamento, o paciente deve procurar seu médico imediatamente.

Migração para o intestino – Geralmente em razão da demora na retirada de balões que apresentem vazamento ou balões que não foram retirados ao final dos seis meses de tratamento.

Contaminação por fungos – Mais comum em pacientes fumantes, ou com hábito de roer unhas, ou que não seguem a dieta orientada por nutricionista e ingerem grande quantidade de gordura.

Estas complicações são raras sobretudo quando há uma indicação criteriosa,  uma avaliação laboratorial e endoscópica prévia à colocação, acompanhamento clínico-nutricional constante e principalmente respeito ao prazo de duração do tratamento que é de no máximo 6 meses.

 
Após a retirada do Balão Intragástrico poderá haver recuperação do peso perdido?

A colocação de um balão intragástrico pode ter um efeito apenas transitório se não houver um envolvimento do paciente com mudanças na alimentação, estilo de vida e principalmente da auto estima que poderão ser alcançadas neste tratamento. Por isso, há um grande enfoque no preparo e acompanhamento profissional para que o paciente não se apóie na ilusão de que apenas preencher o estômago com um balão de silicone irá resolver, de forma mágica, seus problemas. Deve-se lembrar que a recuperação de peso pode ocorrer com qualquer modalidade de tratamento da obesidade (até mesmo nas cirurgias bariátricas) se não houver uma participação ativa do paciente neste processo. Assim, o papel fundamental do acompanhamento clínico é manter os cuidados para que, neste período, a pessoa tenha condições de emagrecer, reeducar seus hábitos e ganhar mais saúde para que, após a retirada, o paciente esteja pronto para se beneficiar dos diversos recursos disponíveis para prevenção da recuperação de peso.

A PRÁTICA REGULAR DE EXERCÍCIOS FÍSICOS SÃO FUNDAMENTAIS PARA MANUTENÇÃO E OBTENÇÃO DE MELHORES RESULTADOS.
 
Fonte: http://www.medicone.com.br/produtos/bim-balao-intragastrico/perguntas-frequentes-do-bim/
POSTS EM DESTAQUE
ARQUIVOS
Calcule seu IMC abaixo:

Instruções:

Altura: 1.60 (separado por ponto)

Peso: 80.500 (separado por ponto)

Tabela de resultados

IMC Categoria

Calcular IMC - Balão Intragástrico - Clínica Endonette